Vinho da madeira historia

As primeiras castas foram introduzidas sob ordens do Infante D. Henrique , e foram importadas de Cândia (capital de Creta, Grécia). Mais tarde foram introduzidas outras castas, como a Tinta Negra, a Sercial, . A história do Vinho Madeira começa aqui e vai acompanhar ao longo dos séculos o desenvolvimento da própria ilha. Registos históricos demonstram que 25 . A paisagem vitícola profundamente enraizada na Ilha é palco de miríades de cores .

O vinho Madeira é considerado, desde tempos muito recuados, . Reza a história que o Vinho Madeira teve como principal mentor o Infante D. Henrique que incentivou o cultivo da casta Malvasia Cândida, oriunda de Candia de Creta, na ilha da Madeira , o que se revelou um sucesso. Histórica do Vinho Madeira. Em meados do século XV, já o Vinho Madeira era exportado cujas rotas de . Nos meados século XVI, o célebre dramaturgo inglês William Shakespeare, cita a importante exportação e notoriedade do Malvasia madeirense na sua peça Ricardo III, cujo drama termina com o duque de Clarence, irmão do rei Eduardo IV de Inglaterra, morto por afogamento dentro dum tonel deste vinho.

E para onde foi este lote de vinho ? Foi para Norte rumo a Inglaterra. Um dos primeiros eventos que marca a história de cinco séculos da paixão inglesa pelo vinho feito .

O Vinho Madeira é um dos mais afamados do Mundo. Uma pequena incursão pela história de um vinho que até Shakespeare e Dostoievsky incluíram nas suas obras. Estas últimas quatro produzem vinhos de qualidade superior, em função das condições climatéricas e da composição dos solos. O navio aportou na baía do Funchal para recolher mantimentos e vinho da Madeira. No século XIX a Rússia tornou-se no principal mercado do vinho da Madeira.

Também na história da América do Norte nenhum outro vinho teve tanto prestígio como o . Ilha conhecida no mundo pelo seu potencial turístico, também é imediatamente reconhecida pelo seu vinho fortificado, o MADEIRA , veremos a adiante. Também William Shakespeare, para além de referir a presença do vinho nas tabernas e na mesa da aristocracia inglesa, referiu-se ao Vinho da Madeira como essência preciosa, na sua peça “Henrique IV”, numa das personagens imortais Falstaff, e foi acusado de trocar a sua alma por uma perna de frango e um cálice . A área geográfica correspondente à Denominação de Origem “ Madeira ” abrange toda a Ilha da Madeira. Com mais de quatrocentos anos de tradição, o vinho da Madeira pode considerar-se um dos vinhos licorosos mais conceituados e conhecidos em todo o mundo. Francisco Albuquerque e Ricardo Diogo Freitas foram os convidados deste mês dos “Encontros no Naval”, iniciativa inserida no programa de comemorações do 60º . O vinho da Madeira é um vinho fortificado, produzido . Esta conferência passará também por outras três regiões .