Tratamento da desidratação grave

Se a sua criança ou um adulto está mostrando sinais de desidratação grave , tais como letargia ou reduzida capacidade de resposta, procurar atendimento imediato em um hospital. Aqui estão algumas informações para ajudá-lo a se preparar para a consulta médica. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com . Está associada também a queimaduras ou infecções com diarreia, vômitos ou febre.

Doenças crônicas sem controle adequado, como diabetes, podem levar à desidratação ,assim como o uso de alguns medicamentos.

A desidratação grave pode levar à morte. Os sintomas mais perigosos acontecem porque a desidratação grave altera os sais minerais do corpo, reduz a produção de urina, levando à falência dos rins ou à diminuição da pressão arterial com falência do coração e alteração do estado mental. Por isso, é importante buscar um profissional nos . Ferimentos significativos na pele, como queimaduras ou feridas na boca, doenças graves ou infecções (a água é perdida através da pele danificada) . Vômito, diarreia, sudorese excessiva e uso de diuréticos podem causar desidratação. As pessoas sentem sede e, quando a desidratação agrava, elas podem suar menos e excretar menos urina.

Se a desidratação for grave , as pessoas podem ficar confusas ou se sentirem tontas.

Sinais e sintomas incluem sede, letargia, mucosa seca, oligúria e, à medida que o grau de desidratação progride, taquicardia, hipotensão e choque. Desidratação é depleção significativa da água do corpo e, em geral, de eletrólitos. O diagnóstico baseia-se na história e no exame físico.

O tratamento é com reposição de . No caso de desidratação leve, deve-se tomar muito líquido, pode-se tomar até uma bebida doce para ajudar a restaurar os níveis do açúcar e comer algo salgado para retificar a perda de sal. Em caso de desidratação grave , o soro será injetado nas veias. Casos graves de desidratação podem levar o paciente à morte se houver demora no tratamento. Em adultos saudáveis, os riscos são menores, mas casos graves , . Qualquer pessoa pode tornar-se desidratada, mas crianças pequenas, idosos e pessoas com doenças crônicas estão mais em risco. Normalmente, é possível reverter a desidratação leve a moderada por beber mais líquidos, mas a desidratação grave necessita de tratamento médico imediato.

A abordagem mais segura é . Todos os dias perdemos água sob a forma de vapor de água através da expiração, da transpiração, urina e fezes. Juntamente com a água, pequenas quantidades de sais também são perdidas. Quando perdemos muita água, os nossos corpos podem ficar desidratados. Isso pode acontecer em qualquer pessoa, mas as crianças e os idosos são mais susceptíveis a .

OBSERVAR SE TEM DESNUTRIÇÃO GRAVE. Se a criança estiver com desnutrição grave (utilizar para diagnóstico a. Caderneta de Saúde da Criança do Ministério da Saúde):. Normalmente é possível tratar desidratações leves ou moderadas por conta própria, mas as desidratações graves devem ser tratadas por profissionais.

Se a urina estiver mais escura, continue com o tratamento. O aparecimento de uma área macia e. O corpo humano conta normalmente com. Se o paciente está com diarreia e está hidratado deverá ser tratado com o Plano A. Se está com diarreia e tem algum grau de desidratação , deve ser tratado com o Plano B. Se tem diarreia e está com desidratação grave.

Para tratar a desidratação , os médicos contam com várias estratégias. Em casos simples, a ingestão de água já é suficiente. Quadros mais graves exigem que seja ingerida água misturada a alguns sais (soro oral), pois estes também são perdidos junto com a água toda vez que nos desidratamos, além .