Submarino argentino

O submarino argentino San Juan, que desapareceu há quase meses, foi completamente destruído na sequência de uma explosão em milissegundos, comunicou a Agência de Inteligência Naval dos EUA após analisar os dados obtidos pela Organização do Tratado de Proibição Completa de Testes . Apenas a Rússia continua as buscas do submarino desaparecido San Juan. O especialista militar explica por que é necessário continuar apoiando as buscas do submarino argentino. Segundo Marcela Moyano, esposa de um dos tripulantes, Hernán Rodríguez, somente o navio de pesquisa da Marinha . O jornal argentino Clarín revelou a última mensagem enviada pelo submarino argentino desaparecido no ano passado, o ARA San Juan.

As famílias dos tripulantes do submarino ARA San Juan decidiram retornar à base naval de Mar del Plata para continuar sua vigília e insistir em suas exigências a respeito do resgate da embarcação, da qual não se tem notícias desde de novembro do ano passado. A parte mais intensa da busca . Imprensa local divulga a última mensagem cifrada do submarino argentino que desapareceu com tripulantes. Contato foi feito pelo tenente da embarcação, Fernando Villarreal.

Há dias, a central da Armada perdeu o contato com a tripulação de marinheiros, no Atlântico, o que desencadeou crise na . O chefe de Estado anunciou que o governo recompensará com uma quantia milionária quem . Segundo comunicou a mídia argentina , a catástrofe envolvendo o submarino San Juan poderia ter acontecido na fronteira da plataforma continental.

De acordo com essas informações, . Empresas alemãs sob suspeita em caso de submarino argentino. Ferrostaal e EnerSys-Hawker teriam pagado suborno e oferecido peças de qualidade inferior , segundo emissora alemã. O ARA San Juan desapareceu em meados de novembro depois de um curto-circuito e um princípio de incêndio. Familiares dos membros da tripulação do submarino argentino desaparecido no último de novembro no Atlântico Sul lançaram uma campanha de arrecadação de fundos para contratar uma empresa para procurar o submergível.

A campanha foi lançada nas redes sociais depois que um processo . A Marinha argentina divulgou que um sonar “detectou um novo contato” na área de busca do submarino ARA San Juan, desaparecido nas águas do Atlântico Sul , no dia de novembro com marinheiros a bordo. Esse novo contato será investigado pelo submersível russo “Panther plus”, que tem a . Agora Brasil e Estados Unidos estão enviando equipamentos e navios — no nosso caso — para tentar localizar o San Juan, submarino argentino desaparecido. Uma cooperação internacional como não se vê todo dia. Atualização: a Marinha argentina identificou, posteriormente, o objeto como sendo um tambor que estava no fundo do mar. Argentina encerra busca por tripulação de submarino.

Ainda há esperança de encontrar submarino argentino San Juan? Passados dias após o sumiço, as autoridades informaram sobre o término das operações de resgate dos marinheiros, mas prometeram continuar as buscas de destroços do navio. Recompensa foi anunciada pelo presidente Macri às famílias dos tripulantes do ARA San Juan.

A marinha não está à procura de sobreviventes, embora se continue a tentar encontrar o submarino , desaparecido há um mês.

O submarino argentino ARA San Juan, que desapareceu no dia de novembro , teria explodido em menos de um segundo e todos os tripulantes morreram de forma instantânea. Os dados são de um relatório elaborado pelo Escritório de Inteligência Naval da Marinha dos EUA, obtido pelo jornal La . Submarino argentino fez oito chamadas para terra antes de desaparecer dos radares. Dados de comunicações satélite revelam que o capitão falou durante minutos com a base.

Foram reportadas informações sobre um incêndio a bordo do submarino. Porta-voz da Marinha argentina revela que a última comunicação dos tripulantes , no dia de novembro, alertava para a entrada de água no submarino , que causaria um curto-circuito e um princípio de incêndio na zona das baterias.