Secar varizes é perigoso

A escleroterapia, também chamada de “aplicação” ou “ secagem de vasinhos”, envolve a injeção de uma solução diretamente na veia. Essa solução faz com que a veia colapse e feche, forçando o sangue a se redirecionar para veias saudáveis. A veia fechada é reabsorvida no . Há inúmeros tratamentos de varizes.

Uns mais perigosos que outros, uns mais dolorosos que outros.

Como tudo, há tratamentos de varizes mais e menos eficazes, e a escolha de entre os vários existentes, depende não só do conhecimento e experiência do médico mas também das características do . O medo de operar as varizes ainda aflige algumas pessoas. Segundo o cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, que atende em Campinas e em São Paulo, o questionamento e as dúvidas sobre o perigo desse tipo de procedimento são frequentes no consultório. Traumas de tempos mais antigos ainda estão na mente dos . A cirurgia de Varizes não é considerada uma cirurgia de risco.

Com a evolução que a Medicina teve nos últimos anos, o perigo de uma cirurgia de varizes , considerada simples é praticamente zero, desde que seja feita em um ambiente hospitalar e por um médico especialista. Eu já estava tão animada que quando ele me perguntou quando eu queria fazer a aplicação, eu só conseguir falar: Pode ser agora?

E como eu sou SEMPRE muito oportuna, só quando saí é que me lembrei que amanhã dava jeito usar uma saia ou uns calções…é que vou hoje para Madeira apresentar a Festa da Flor. A técnica de aplicação de espuma para eliminar as varizes grossas é bem mais simples que a cirurgia. Além de prejudicar a aparência e causar dor, a evolução das varizes pode provocar escurecimento das pernas, feridas e até trombose, colocando em.

Sem sangue, a veia vai secar com o tempo. Enquanto que na cirurgia tradicional o risco de Trombose Venosa Profunda é de , na Cirurgia Endovascular por Radiofrequência pode chegar a 2-, na Cirurgia Endovascular a LASER pode . A técnica capaz de secar vasos sanguíneos prejudicados, porém, não serve para todos os casos. Os pacientes acham que a espuma é milagrosa.

Ela é um método de neutralizar a doença, não de . Nada de repouso, praticamente sem dor, e o melhor: anestesia local! Há a necessidade de injeção de substâncias cujo objetivo final é esclerosar (“ secar ”) os vasos sanguíneos inestéticos. O Laser pode ser usado para tratar quase todos os estágios de varizes , desde o tratamento de vasinhos muito pequenos (telangiectasias) até para a ablação da veia safena, em pacientes que apresentam refluxo desta veia. Para cada caso, temos diferentes técnicas e diferentes tipo de aparelhos de laser que devem ser.

De acordo com esta classificação, existem seis classes diferentes de varizes , e que variam de acordo com o grau de evolução da doença. A trombose das veias profundas não deverá ser confundida com uma flebite das varizes , que é um processo que causa dor, mas, em comparação, é muito menos perigoso. A escleroterapia com espuma densa é um tipo de tratamento que elimina completamente as varizes e os pequenos vasinhos.

A técnica consiste em aplicar uma substância esclerosante chamada Poidocanol, em forma de espuma , diretamente nas varizes , até que estas desapareçam.

A jovem, que preferiu não se idenficar, conta que foram feitas duas sessões de aplicação nas pernas, para secar os vasinhos. Ela ficou sete dias internada e só deve estar recuperada em seis meses. Até lá, ela tem que tomar várias doses de remédios ao dia e aplicar pomadas e compressas.

A princípio, aquelas veias dilatadas, de aspecto tortuoso, cor azulada e que ficam bem visíveis na batata da perna podem representar somente um problema estético. Nesses casos, por mais que o indivíduo tenha varizes espalhadas por toda a região dos membros inferiores, não há a manifestação de .