Matança do porco na madeira

Madeira increasingly forgotten everything and become flesh. Um dos costumes madeirenses passa pela matança do porco no feriado da Imaculada Conceição, como. A constatação é do partido ‘Pessoas, Animais, Natureza’ (PAN).

Arquipélago da Madeira por gentes do norte de Portugal, que se . Na aproximação da grande Festa Madeirense, o PAN Madeira vem a público afirmar que a “ tradicional” matança do porco deve ser denunciada e ultrapassada, não só porque corporiza o sofrimento e morte, com imensa dor, de um ser vivo . No dia antes da matança , cozia-se bacalhau e acompanhava-se com pão.

Seguidamente o porco era amanhado, lavavam-se as tripas e faziam-se chouriços. Em seguida, já à noite, fazia-se serrabulho e fritava-se carne com a banha do porco. No dia seguinte, de manhã, levantava-se toda a família para . Natalícia e Fim de Ano na Madeira e Porto Santo, Ilha da Madeira – Guias de Viagem. Fin de año en Madeira y Porto Santo.

Isla de Madeira – Guia de Viaje. Devia ter uns cinco ou seis anos, mas recordo-me bem desse dia. Iam matar o porco em casa dos meus avós.

Os homens iam bebendo um copinho para pautar as conversas e entreter o tempo.

As mulheres andavam num corrupio, umas de volta das panelas, outras pondo a mesa. Grupo cria campanha de combate a tradicional matança de porcos que ocorre anualmente no mês de dezembro em Madeira , Portugal. Ver o vídeo MATANÇA DO PORCO UMA TRADIÇÃO MUITO ANTIGA DA ILHA GRACIOSA E DOS AÇORES.

A morte do porco representa um ritual herdado dos velhos costumes pagãos nos quais eram sacrificados animais. Não em honra de deuses e para proteger as culturas agrícolas, mas por necessidade de salvaguardar para os meses seguintes, o conduto da família. Na Madeira , normalmente, a morte do . A Plataforma Viver (P-V) anunciou na quarta-feira uma campanha em Dezembro contra a tradicional prática da matança do porco na Madeira por ocasião das fest. PAN contra tradição natalícia madeirense da matança do porco.

O partido PAN (Pessoas-Animais-Natureza) na Madeira criticou hoje uma das mais antigas tradições do Natal do arquipélago, a matança do porco , considerando ser um ato brutal e culturalmente inaceitável. No entanto, foi isso mesmo que aconteceu. Primeiro num programa da RTP Madeira , da Maria Aurora, que acompanhou a matança do porco.

Depois, em todas as missas do parto, logo de manhã, as pessoas era presenteadas com uma matança à saída da Igreja. Não me parecem padrões muito cristãos, .